quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Update sobre máquinas de costura Singer


Vocês já conhecem minha saga com a costura e também com as máquinas de costura. Não é segredo pra ninguém que eu preferia uma Singer, por causa da tradição, facilidade com assitência técnica e tudo mais. Fiquei extremamente chateada quando desisti da Facilita e percebi que não tinha uma Singer que se encaixasse nas minhas necessidades. Mandei um email, (bem, não foi desaforado, porque desaforo é a Singer fazer isso com o consumidor) bastante sincero falando tudo o que eu pensava e externando minha revolta. Eis que agora a Singer lança uma nova linha de máquinas, a Tradition, que agrega uma série de detalhes, como braço livre, diversos pontos utilitários e decorativos, caseador de 1 passo... Mandei um novo email para o Sac, sondando a capacidade da bichinha e obtive a seguinte resposta:

Senhora Karina, esse modelo de máquina foi testada pela fábrica e pode costurar até 8 camadas de jeans. E o modelo mais completo Tradition 2273.
Agradecemos o contato,
Atendimento Singer
Sac Singer 08007022323.



Não estou aqui para fazer propaganda, mas que deu uma dorzinha de cotovelo deu. Eu sempre quis uma Singer! Claro que minha Janome está atendendo bem às minhas necessidades, e eu gosto muito dela. Mas tem lá suas limitações. Não me arrependo de ter comprado, até porque nesses 4 meses ela já fez muita coisa, trabalhou bastante e me ensinou muito. Tem também o custo-benefício, uma Singer Tradition está saindo por cerca de 700 reais, eu paguei 400 pela minha Janome. Mas, pôxa, porque a Singer demorou tanto pra acordar?

2 comentários:

  1. Porque acredito que essas empresas dão muita enfase para a mídia e pouco para o usuário. Não fosse assim, haveria mais pesquisa de mercado junto ao consumidor.
    Estive na MegaArtesanal e acredito que seria o local ideal de saberem o q os usuários querem. Mas o interesse é vender o que têm. Nem demonstrador/a havia no dia que eu fui ao stand.
    Ganhei uma ultralock dos meus filhos e só achei um lugar onde ensinam a usá-la aos sábados, mas temos q levar a máquina. Não tenho o que reclamar do treinamento, a pessoa que me atendeu foi super atenciosa, mas só sabia explicar a parte básica. Mesmo assim, recomendo pq o SAC da SINGER é horrível.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, Laila, o fabricante não procura saber a necessidade do consumidor. Fabricam os produtos que lhe convém, e quem consome é que se vire pra conseguir se adaptar. Mas isso tem que mudar, acredito que o consumidor tem uma força enorme, mas ainda não sabe disso. Beijos!

    ResponderExcluir